Pokeball
MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Eu já amei tanto, que aprendi a odiar.

Posted 23 January 2012, 2 years ago | 308 notes | reblog this post
(originally no-reas0n / via no-reas0n)

affectingyou:

Ele: 00:00, faz um pedido!
Ela: Fiz! Já fez o seu?
Ele: Fiz também.. Me conta o que você pediu
Ela: (desejei que a gente formasse uma família juntos da maneira que planejamos) Não vou contar.. Porque se eu contar, não vai se realizar!
Ele: Conta, vai.. Eu te conto o que pedi!
Ela: Não vou contar, eu preciso que aconteça!
Ele: Tudo bem.. Independente do que seja. O meu desejo foi que o seu se realizasse.

(affectingyou) e (luucasmb)

Posted 15 December 2011, 2 years ago | 776 notes | reblog this post
(originally affectingyou / via affectingyou)

affectingyou-theme01:

Os dias passam.. Tudo está passando, e eu continuo aqui, estagnada e sem reação. Meu peito está todo cortado, e o grito sufocante dentro de mim necessita se expandir. Ninguém escuta a minha dor. Ninguém escuta o meu choro mudo. Estou sozinha numa estrada de curvas intermináveis. Sofro por amar demais. Estou morrendo aos poucos. Estou morrendo a cada segundo que se passa. (affectingyou)

Posted 15 December 2011, 2 years ago | 1,237 notes | reblog this post
(originally affectingyou / via affectingyou-theme01)

affectingyou:

Assim como uma tatuagem , você é algo fixo. Algo permanente. Desenho permanente na pele. Sentimento permanente no peito. Permanente vínculo com algo que me faz bem hoje. Com alguém importante hoje. Com um desenho importante pra mim.. Hoje. Algo especial. De grande significado. Assim como uma tatuagem, você, de certa forma, machuca. Dói. Mas é uma dor gostosa de sentir. Uma dor que vale a pena pelo resultado final. Pela durabilidade. Na pele, no coração. E mesmo que um dia o encanto pelo desenho acabe, ele permanece ali, como uma fase da sua vida. Uma fase em que você teve uma escolha. Um gosto. Uma opção. Assim como você. Uma fase em que escolhi te amar. Escolhi estar ao seu lado. Lembranças de um passado bom. Tatuei seu nome, e todos nossos momentos juntos no peito. No coração. Eis aqui a prova da imensidão desse meu órgão tão fundamental, gigantesco como é: ainda há múltiplos lugares nele que ainda faltam ser preenchidos. Tatuados. Tatuados com momentos nossos. Tatuados com você. Quero enchê-lo de você. Preenchê-lo com nós dois. Até chegar uma hora que meu coração não será mais metade-meu-metade-seu, não. A partir desse momento ele será completamente seu. (affectingyou)

Posted 15 December 2011, 2 years ago | 356 notes | reblog this post
(originally affectingyou / via affectingyou)

Primeiro você sirva de exemplo, depois fale das minhas atitudes.

Posted 8 December 2011, 2 years ago | 18,665 notes | reblog this post
(originally sociedade-poetica / via lialimaoblog)

Quando você diz “oi” e ninguém responde:

marcellohnp:

Posted 21 November 2011, 2 years ago | 44,274 notes | reblog this post
(originally tomoyoyo / via sou-inseguro)
Posted 21 November 2011, 2 years ago | 3,769 notes | reblog this post
(originally teensensation / via sou-inseguro)
Posted 21 November 2011, 2 years ago | 10,604 notes | reblog this post
(originally justlikeacircus / via sou-inseguro)

Eu segui meu coração e não cheguei a lugar algum. Preciso seguir minha razão dessa vez.  {SOG }

Posted 21 November 2011, 2 years ago | 167 notes | reblog this post
(originally storiesofgirl / via garotodiscreto)